Última hora

Última hora

Violência nos protestos contra CPE e governo espera encontro com sindicatos

Em leitura:

Violência nos protestos contra CPE e governo espera encontro com sindicatos

Tamanho do texto Aa Aa

Novo dia de protestos em França e novas cenas de violência. Dezenas de automóveis ficaram seriamente danificados, hoje, em Paris junto ao Hotel dos Inválidos.

Os incidentes produziram-se à margem da manifestação estudantil contra o CPE, o Contrato Primeiro Emprego. Para além de viaturas destruídas, os responsáveis pelos tumultos envolveram-se em confrontos com as forças de intervenção. Elementos da CRS lançaram granadas de gás lacrimogénio para dispersar os marginais. Segundo a polícia, a manifestação em Paris contou com cerca de 50 mil pessoas e, por todo o país, terão protestado entre 220 mil e 450 mil, de acordo com as diferentes fontes. À parte dos incidentes, entre jovens infiltrados nas manifestações e a polícia, a maior parte das manifestações ocorreram de forma pacífica. Entretanto, Dominique de Villepin espera ter uma reunião amanhã à tarde com as cinco confederações sindicais. Os representantes dos trabalhadores, que se juntam à greve geral de terça-feira, garantem que só falam com o primeiro-ministro quando este colocar um ponto final no CPE.