Última hora

Última hora

Vitória política do governo espanhol celebrada com precaução

Em leitura:

Vitória política do governo espanhol celebrada com precaução

Tamanho do texto Aa Aa

José Luis Rodriguez Zapatero entra no parlamento espanhol reforçado politicamente. O anúncio surpresa da ETA onde se compromete a um cessar-fogo permanente deu ao chefe do executivo uma vitória política que vai enfrentar com calma. No Congresso dos Deputados Zapatero afirmou que “a posição do governo é de prudência e cautela. O processo de paz, depois de tantos anos de horror e de terror, será um processo longo e difícil”. Depois Zapatero estende a mão a todas as forças políticas, especialmente ao PP, para chegar a bom porto.

“O executivo conta com a colaboração das diferentes forças políticas para pensar, antes de tudo, na memória das vítimas e nas pessoas que trabalharam e vão continuar a trabalhar para proteger a segurança dos espanhóis”, acrescenta o chefe do governo. Gaspar Llamazares, líder da terceira força política no parlamento, a coligação Esquerda Unida, também aplaudiu o discurso de Zapatero. Mas Mariano Rajoy, líder do PP, partido Popular, não está satisfeito. Aos mesmos deputados afirmou: “Não podemos negociar politicamente nem pagar um preço político a uma organização terrorista, porque nesse caso o terrorismo torna-se num instrumento para fazer política e os terroristas ganharão a batalha”.