Última hora

Última hora

Sindicatos reiteram exigências antes de encontro com Villepin sobre CPE

Em leitura:

Sindicatos reiteram exigências antes de encontro com Villepin sobre CPE

Tamanho do texto Aa Aa

O dia pode ser decisivo para o governo francês, o Contrato Primeiro Emprego (CPE) e o movimento de contestação. Ontem, em plena jornada de protestos, o primeiro-ministro Dominique de Villepin convidou ao diálogo. Hoje recebe em Matignon cinco centrais sindicais que aceitaram o convite.

O primeiro-ministro vê o CPE como a solução para acabar com uma taxa de desemprego de 23% entre os jovens. Os sindicatos dizem que serão criados trabalhadores descartáveis. Embora cépticos, aceitaram encontrar Villepin, mas continuam a exigir a retirada do texto para iniciar um diálogo. Isso mesmo reiterou François Cheregue, da CFDT, após uma reunião com outros sindicalistas para delinear a estratégia e que passa por um novo protesto na próxima terça-feira. Segundo os organizadores, as manifestações de ontem juntaram perto de 500 milpessoas em todo o país. A polícia fala de metade. Mas mais uma vez houve cenas de violência, sobretudo em Paris. Jovens marginais infiltraram os cortejos, destruíram lojas, carros e atacaram manifestantes pacíficos. A polícia usou gás lacrimogéneo e deteve mais de 400pessoas em todo o país. Conta-se um ferido grave em Paris.