Última hora

Última hora

Coligação CDU/SPD testa popularidade em eleições regionais

Em leitura:

Coligação CDU/SPD testa popularidade em eleições regionais

Tamanho do texto Aa Aa

O governo de bloco central na Alemanha enfrenta hoje um primeiro teste de popularidade. CDU e SPD são hoje rivais nas eleições que se realizam em três dos 16 estados regionais do país. As sondagens não anunciam grandes mudanças no cenário político, embora em geral apontem um ligeiro aumento da popularidade dos Cristãos-Democratas de Angela Merkel face aos Sociais Democratas.

A fórmula de governo de bloco central poderá no entanto propagar-se a alguns estados regionais como o de Saxe-Anhalt controlado pela CDU. Wolfgang Boehmer, líder do executivo regional e favorito à vitória, já afirmou que poderá convidar os Sociais Democratas a substituír os Liberais Democratas na coligação governamental. Um cenário político visto como uma solução para governar um dos estados mais pobres do país, que não se deverá repetir nos outros dois estados que vão também a votos, o Baden-Wuerttemberg e a Rhineland-Palatinate, os mais prósperos do país. Em Baden Wuerttemberg, bastião da CDU há mais de cinquenta anos, Guenther Oettinger deverá sem surpresas renovar o seu mandato de chefe do governo regional, apesar da vaga de descontentamento popular que toca a região industrial. Em Rhineland-Palatinate, outro caso de sucesso económico dirigido pelo SPD, as sondagens prevém a manutenção no poder da única coligação no país entre Sociais Democratas e Liberais Democratas, dirigidos por Kurt Beck. Na eleição Beck enfrenta um duplo teste, uma vez que é também vice-presidente do SPD.