Última hora

Última hora

Eleições regionais podem afectar equilíbrio de poderes na Grande Coligação

Em leitura:

Eleições regionais podem afectar equilíbrio de poderes na Grande Coligação

Tamanho do texto Aa Aa

A Grande Coligação saiu reforçada do escrutínio regional ontem registado na Alemanha. Nos três Estados regionais que foram a votos, a CDU venceu em dois deles e o SPD ganhou o terceiro com maioria absoluta, aumentando a presença dos dois partidos no Bundesrat, a câmara alta do Parlamento.

Aliás, a vitória de Kurt Beck na Renânia-Palatinado é, para os sociais-democratas, um balão de oxigénio que pode alterar o equilíbrio de poderes na Grande Coligação, como explica o próprio Beck: “Penso que vai ter um impacto estabilizador, a auto-confiança dos sociais-democratas em toda a Alemanha vai melhorar e isso é bom, porque também reforça a nossa posição no seio da Grande Coligação.” Duras provas aguardam o Executivo germânico, a braços com as controversas reformas da saúde, das pensões e do emprego. É que, além das tensões internas motivadas pelas diferentes visões políticas de conservadores e sociais-democratas, o governo de Berlim tem visto nas ruas a contestação social, com os serviços públicos de algumas regiões e os profissionais do sector clínico em greve há várias semanas.