Última hora

Última hora

Governo alemão descontente com dados do desemprego

Em leitura:

Governo alemão descontente com dados do desemprego

Tamanho do texto Aa Aa

O número de desempregados, na Alemanha, este mês, caíu novamente abaixo da barreira dos cinco milhões. O Governo apresentou estes números sem grande entusiasmo, uma vez que esta queda, relativa aos valores de Fevereiro, foi muito ligeira. Além disso, os dados corrigidos pelos factores sazonais mostram uma subida no desemprego.

Os números são decepcionantes, uma vez que os analistas tinha previsto uma baixa mais significativa, tanto em dados brutos como em dados corrigidos.

Depois de um aumento em Fevereiro para os 5,04 milhões, em Março o número caíu para os 4,97 milhões, com uma taxa de desemprego de 12%, a caír dois décimos em relação aos 12,2% do mês anterior.

O Governo, que fez do combate ao desemprego uma prioridade, não está satisfeito: “O desemprego caíu claramente, em relação ao ano passado, mas os valores não são satisfatórios. O desemprego na Alemanha continua muito alto e é um desafio para os políticos, mas também para a economia e para a sociedade. Queremos e sentimos a obrigação de fazer com que mais alemães consigam um emprego”, disse o vice-chanceler e ministro do trabalho, Franz Muenterfering.

Ao mesmo tempo que os números do emprego navegam em águas mornas, a economia alemã parece ter reencontrado o caminho do crescimento, com os analistas a preverem, para este ano, um crescimento de 2% do PIB.