Última hora

Última hora

CE acusa 17 Estados-membros de não liberalizaram mercado da energia

Em leitura:

CE acusa 17 Estados-membros de não liberalizaram mercado da energia

Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas tinha ameaçado e agora fê-lo: lançou um procedimento de infracção contra 17 Estados membros que ainda não liberalizaram os respectivos mercados do gás e da electricidade.

Em Março, durante a Cimeira de Primavera, os Vinte e Cinco decidiram avançar para uma política energética comum. Mas essa decisão não está relacionada com este processo, diz Andris Pielbags. O comissário europeu para a Energia garante que “é apenas coincidência”. Mas acrescenta: “É importante que os chefes de Estado e de governo tenham afirmado quererem um mercado completamente liberalizado, um mercado europeu, a 1 de Julho de 2007, no qual todos os consumidores possam escolher os seus fornecedores.”

Os maus alunos, atrasados na liberalização que deve provocar uma baixa dos preços no consumidor, têm agora dois meses para se explicarem a Bruxelas. Entre eles, por exemplo, a vizinha Espanha, a França ou a Alemanha.

A Comissão lançou ainda procedimentos a oito países por não estarem a desenvolver suficientemente as energias renováveis, como a solar ou a eólica.