Última hora

Última hora

Inundações colocam Europa Central em estado de emergência

Em leitura:

Inundações colocam Europa Central em estado de emergência

Tamanho do texto Aa Aa

A subida das águas na Europa Central poderá registar novos recordes ao longo do dia de hoje. Durante a noite, a bacia do rio Elba atingiu uma cota de mais de oito metros e meio de altura, obrigando à evacuação de várias povoações ribeirinhas no norte da República Checa. No total as autoridades contabilizam mais de dez mil refugiados. O Estado de emergência foi declarado em metade das regiões do país.

A capital Praga foi até agora poupada pelas inundações, ao contrário de Budapeste, na Hungria, onde as águas do Danúbio poderão atingir um nível recorde de 8,60 metros de altura. No país o número de pessoas deslocadas eleva-se a mais de meia centena. Cerca de 3 mil quilómetros de rios e lençóis fluvais atingiram a cota máxima. O governo húngaro declarou igualmente o estado de emergência em várias regiões. As chuvas torrenciais e a aceleração do degelo, registadas desde o fim de semana, são responsáveis também pelas inundações que afectam o nordeste da Àustria. Na aldeia de Duernkrut a ruptura de um dique obrigou à evacuação da aldeia de 2 100 habitantes, instalados provisioriamente em ginásios da região. Na Alemanha os habitantes do estado da Saxónia mobilizam-se desde ontem para evitar a repetição das cheias de 2002, enquanto a subida das águas ameaça agora também atingir a Roménia e a Sérvia.