Última hora

Última hora

Moussaoui arrisca condenação à pena capital

Em leitura:

Moussaoui arrisca condenação à pena capital

Tamanho do texto Aa Aa

Zacarias Moussaoui poderá ser condenado à pena de morte por envolvimento nos atentados de 11 de Setembro nos Estados Unidos. Depois de quatro dias de deliberações, o júri do tribunal federal de Alexandria, considerou que o arguido, detido três semanas antes dos ataques, mentiu ao FBI, ocultando informação que poderia ter contribuído para impedir as acções terroristas.

A decisão abre caminho a uma segunda fase do processo em que Moussaoui poderá ser condenado ou à prisão perpétua ou à pena de morte. Desde o início do julgamento, há três semanas, que o cidadão francês de origem marroquina se declara culpado das seis acusações que pesam contra ele, apresentando-se como o suicida recrutado por Bin Laden para lançar um avião contra a Casa Branca. Reagindo ontem à decisão do tribunal, um familiar de uma vítima dos atentados de 11 de Setembro espera que, “a morte de Moussaoui possa trazer algum reconforto, a todos, familiares ou não, que viram as suas vidas abaladas pelas acções terroristas”. A partir de quinta-feira o tribunal vai ouvir os familiares de algumas das 3.000 vítimas dos atentados. A defesa vai evocar os diferentes argumentos proferidos por Moussaoui no tribunal, para provar que o arguido sofre de esquizofrenia e de perturbações mentais, e que, mesmo que tivesse mentido ao FBI, o governo dispunha de todas as informações necessárias para poder impedir os atentados.