Última hora

Última hora

CPE: Sindicatos debatem solução com representantes do poder político

Em leitura:

CPE: Sindicatos debatem solução com representantes do poder político

Tamanho do texto Aa Aa

Os representantes sindicais e académicos de França começaram esta quarta-feira a ser recebidos pelos ministros do Emprego e da Coesão Social e pelos líderes parlamentares da UMP na Assembleia Nacional e no Senado.

O objectivo é obter uma solução concertada para a crise surgida com o Contrato Primeiro Emprego, que já se arrasta há mais de dois meses. As consultas aos parceiros sociais vão decorrer até sexta-feira, com a CFDT e a CGT, as duas maiores centrais sindicais francesas, a iniciarem as conversações. À saída do encontro no Senado, François Chéreque, da CFDT, disse que “expôs aos interlocutores as razões pelas quais exigem a retirada do CPE o mais rapidamente possível”. Esta manhã, os dirigentes sindicais dispuseram-se a dialogar com os representantes do poder político, mas, apoiados pela forte mobilização popular, rejeitam qualquer cedência no que diz respeito ao Contrato Primeiro Emprego. Na terça-feira, os sindicatos anunciaram que a quinta jornada de protesto a nível nacional contra o CPE levou mais de três milhões de manifestantes para as ruas.