Última hora

Última hora

Pais pagavam para filhos serem reeducados em centro ilegal

Em leitura:

Pais pagavam para filhos serem reeducados em centro ilegal

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia espanhola descobriu o que poderá ser um centro de correcção ilegal para jovens suíços em Girona, na Catalunha. Tudo começou na sexta-feira quando o proprietário de um restaurante encontrou um jovem de 14 anos perto de uma estação de comboios, de nacionalidade suíço, e decidiu alertar a polícia.

O jovem explicou onde vivia, os tratamentos que recebia e garantiu que era encerrado em jaulas para javalis, quartos de um metro quadrado durante oito horas por dia e apenas comia leite com cereais durante dias se se portava mal. A polícia foi de imediato ao local, confirmou a versão contada, colocou o jovem num centro de saúde onde os médicos descobriram que tinha hematomas e erosões, possíveis sinais de maus tratos. O local era gerido por três pessoas, este suíço, Armin Markus Schlegel, um francês e uma italiana, que acabaram detidos pela polícia. Estão em liberdade enquanto aguardam julgamento. Poderão ser acusados de detenção ilegal e violência física e psíquica a menores. Os pais dos jovens chegavam a pagar quatro mil euros para os colocar neste lugar durante um mês a um mês e meio.