Última hora

Última hora

Desemprego desce nos EUA

Em leitura:

Desemprego desce nos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego norte-americano caíu, no último mês, para um mínimo dos últimos quatro anos e meio. Durante o mês passado, entraram para o mercado de trabalho 211.000 pessoas. São números acima das previsões dos analistas, embora o crescimento dos salários tenha ficado aquém das expectativas.

A taxa de desemprego está agora num nível histórico, 4,65% por cento, o que em valores arredondados dá 4,7%, a mesma taxa de Janeiro.
Depois de ter baixado da barreira dos 5% de Novembro para Dezembro, a taxa tem vindo a baixar, com apenas uma pequena subida em Fevereiro.

Os novos empregos criados foram sobretudo no sector terciário. Já a indústria foi penalizada, com um recuo de 5000 empregos, depois de ter já perdido 10.000 no mês anterior. O sector dos transportes esteve também a recuar.

Estas são boas notícias para a administração Bush. No entanto, nem tudo corre bem. O secretário do tesouro, John Snow, está prestes a demitir-se, segundo fontes próximas da Casa Branca. Snow, que tomou posse em 2002, a meio do primeiro mandato de Bush, deve deixar o cargo depois da cimeira de ministros das Finanças do G7, marcada para 21 de Abril em Washington.

Esta é mais uma acha para a fogueira, numa altura em que o alegado envolvimento do presidente num escândalo sobre fugas de informação está a atirar o índice de popularidade para níveis historicamente baixos.