Última hora

Última hora

Italianos contentes com fim de campanha mas com esperanças limitadas

Em leitura:

Italianos contentes com fim de campanha mas com esperanças limitadas

Tamanho do texto Aa Aa

Entre os primeiros italianos a votar este domingo está o Presidente da República e a mulher. Carlo Azeglio Ciampi e a mulher Franca votaram no bairro de Prati, em Roma. Nos últimos meses, Ciampi representou em Itália a calma, mas não conseguiu fazer ouvir os seus apelos à moderação nos ataques eleitorais entre as duas coligações.

Após semanas de insultos, um habitante de Roma diz estar “contente com o fim da campanha e de se sentir livre, pois pode-se votar, enfim”. As expectativas dos italianos são grandes, sobretudo, em termos económicos. O país regista um dos piores resultados a nível europeu. Mas as esperanças de mudança são limitadas. Uma eleitora fala de “um país à beira do abismo, diz que se a esquerda ganhar terá muito trabalho e se ganhar a direita, então é melhor emigrar”. Para outros eleitores nada vai mudar qualquer que seja o vencedor. Romano Prodi e Silvio Berlusconi há dez anos que lutam entre si pelo poder. Querelas que se mantêm na ausência de alternativas credíveis nas duas áreas políticas.