Última hora

Última hora

Itália dividida entre Romano Prodi e Silvio Berlusconi

Em leitura:

Itália dividida entre Romano Prodi e Silvio Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Segunda jornada eleitoral em Itália. Entre as sete e as quinze horas locais os eleitores podem ir às urnas, a seguir terá início a contagem dos votos. Os primeiros resultados deverão ser conhecidos ao princípio da noite, mas durante todo o dia a Euronews segue a par e passo a evolução da situação.

Um total de 67,6 por cento dos cerca de 50 milhões de eleitores inscritos votaram ontem, primeiro dia destas eleições gerais para escolher o novo parlamento. A taxa de participação foi, no entanto, desigual de norte a sul de Itália, com 43 por cento nas regiões do sul, 54,9 no centro e 58,4 no norte. Sílvio Berlusconi votou acompanhado pela mãe, de 95 anos e os aplausos à sua passagem podem querer dizer que nada está ainda perdido para o candidato do Forza Itália e da Coligação Casa das Liberdades cujas sondagens lhe são desvaforáveis apesar da promessa de redução de impostos. A coligação de centro esquerda dirigida por Romano Prodi partiu com ligeira vantagem para esta batalha, a acreditar nas estimativas efectuadas. Prodi votou ontem acompanho pela esposa. Após uma polémica campanha, a decisão cabe agora aos eleitores, que terão de optar entre Silvio Berlusconi e um Romano Prodi confiante na vitória.