Última hora

Última hora

Platzeck abandona presidência do SPD

Em leitura:

Platzeck abandona presidência do SPD

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Partido Social Democrata alemão (SPD) apresentou a demissão do cargo. Matthias Platzeck com 52 anos tinha sido eleito em Novembro mas foi hospitalizado o mês passado devido a problemas auditivos causados pela acumulação de stress. E hoje anunciou que tomou “a decisão mais difícil da [sua] vida” depois de ter sido aconselhado pelos médicos.

Considerado o líder da nova geração do SPD, Platzeck, natural da antiga Alemanha de Leste, era visto como o candidato natural à chancelaria nas próximas eleições em 2009. Recorde-se que actualmente o SPD partilha o poder com os democratas-cristãos da CDU-CSU, num governo chefiado por Angela Merkel. A chanceler alemã reagiu publicamente à notícia afirmando ter “aceite a decisão com respeito mas também com mágoa. Mathias Platzeck e eu trabalhámos nos últimos meses de uma forma intensa e cooperante.” Além da presidência nacional dos sociais-democratas, Platzeck chefia o governo do “Lander” de Brandenburgo e a direcção regional do SPD. No interior do partido alguns altos dirigentes colocavam sérias reservas à sua capacidade para assumir os três cargos simultaneamente.