Última hora

Última hora

Villepin abandona CPE

Em leitura:

Villepin abandona CPE

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro francês, Dominique de Villepin, anunciou esta segunda-feira a substituição do contestado Contrato Primeiro Emprego (CPE) por um mecanismo de inserção profissional de jovens em dificuldades.

“Desejei uma solução forte porque tenho a convicção, que para além do empenho necessário do Estado, só um equilíbrio entre maior flexibilidade para o empregador e maior segurança para o empregado nos permitirá romper com o desemprego no nosso país. Isso não foi compreendido por todos, o que eu lamento”, afirmou o chefe do Executivo, fazendo referência à vaga de contestação dos últimos dois meses. Tanto o Presidente da República, Jacques Chirac, como Villepin foram seriamente afectados pelos dois meses de contestação ao CPE. 75% dos franceses têm uma opinião negativa em relação aos dois dirigentes. Os estudantes, que foram os principais contestatários, festejaram o anúncio mas permanecem mobilizados. Grande parte dos bloqueios nas universidades foram reconduzidos e para esta terça-feira está agendada nova jornada de luta. Os representantes estudantis pretendem manter a pressão até que a revogação do CPE seja votada no parlamento.