Última hora

Última hora

General Motors vende presença no Japão

Em leitura:

General Motors vende presença no Japão

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou o casamento entre os construtores automóveis americano e japonês, General Motors e Isuzu Motors. A General Motors vendeu a sua participação de 7,9% no construtor nipónico por 300 milhões de dólares – cerca de 240 milhões de euros – e põe fim a uma aliança de 35 anos.

Este divórcio que vinha a ser negociado há vários meses é mais uma prova do quanto o grupo de Detroit necessita de melhorar a sua liquidez.
Para fazer face a uma situação dificil, a GM vendeu também a sua participação de 17% na Suzuki Motor e de 20% na Subaru.

A GM garante que a relação com a Isuzu se manterá inalterada no plano operacional uma vez que o construtor americano quer expandir-se para os mercados emergentes e a procura de veículos a gasóleo não pára de aumentar. Por ano, a General Motors compra à Isuzu motores diesel e peças sobressalentes no valor de mais de 1,5 mil milhões de dólares.

O grupo americano registou, em 2005, perdas 10 mil milhões de dólares e foi obrigado a lançar um vasto programa de reetruturação, que passa pela supressão de 30 mil postos de trabalho e encerramento de 12 fábricas até 2008.