Última hora

Fuga radioactiva no Jãpão sem repercursões ambientais

Em leitura:

Fuga radioactiva no Jãpão sem repercursões ambientais

Tamanho do texto Aa Aa

Uma fuga radioactiva registou-se na central nuclear de Rokkasho no norte do Japão. Não há vítimas e, de acordo com fontes da companhia a fuga foi interna, sem impacto no exterior. A água contaminada, perto de 40 litros, contém plutónio e urânio.

A fuga detectou-se num dos contentores selados, de betão, onde se coloca ocombustível nuclear que deve ser reciclado. A central de Rokkasho está em fase de experimentação. A construção foi terminada em 2001, mas desde então vários acidentes foram registados. Esta estrututra foi candidata ao projecto internacional ITER, que projecta o primeiro reactor experimental de fusão nuclear.

O projecto envolve, entre outros, a União Europeia, Suíça, República Popular da China e Estados Unidos sob a égide da Agência Internacional de Energia Atómica. A central nuclear de Cadarache, em França, acabou por ganhar o concurso para desenvolver o projecto.