Última hora

Última hora

Irão isolado na cena mundial

Em leitura:

Irão isolado na cena mundial

Tamanho do texto Aa Aa

As sanções contra o Irão “podem ser uma opção”, afirma a Casa Branca, um dia depois do presidente Ahmedinejad anunciar ao mundo que o seu país conseguiu enriquecer urânio.

Orgulhosamente sós, os iranianos festejam o feito dos seus cientistas. Quanto ao resto do mundo, a preocupação é unânime. Estados Unidos, Europa, China e Rússia juntam as vozes e afirmam que o Irão “deu um passo na direcção errada”. Todavia, em Moscovo, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, colocou de parte o uso da força como forma de resolver a crise nuclear iraniana. Para o secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, “o Irão mantém que pretende fazer um uso pacífico da energia nuclear. Ora, se é esse o caso tem de providenciar à comunidade internacional as seguranças necessárias e trabalhar com todos de forma a encontrar uma solução.” Entretanto, o chefe da AIEA, Mohamed ElBaradei, é esperado em Teerão esta quinta-feira. Depois de pedir ao Irão a suspensão das actividades nucleares, no dia 29 de Março, o Conselho de Segurança das ONU mandatou a Agência Internacional de Energia Atómica para fazer novo relatório no final de Abril.