Última hora

Última hora

Baradei impossibilitado de confirmar enriquecimento de urânio

Em leitura:

Baradei impossibilitado de confirmar enriquecimento de urânio

Tamanho do texto Aa Aa

Mohamed el-Baradei ainda não pode confirmar se o Irão conseguiu enriquecer Urânio a um nível susceptível de alimentar centrais nucleares.

O chefe da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) e prémio Nobel da paz proferiu as declarações durante uma visita que efectua ao Irão para tentar convencer o regime dos Aiatolas a suspender o seu programa nuclear. Mas as autoridades iranianas estão determinadas a continuar o enriquecimento de urânio, apesar do isolamento internacional. A visita de el-Baradei pouco deverá influenciar Teerão a ceder às pretensões do Conselho de Segurança das Nações Unidas. A ONU deu até ao final deste mês para que o programa nuclear seja suspenso de forma a que, mais tarde, sejam fornecidas garantias credíveis de que não existem propósitos militares. O relatório que el-Baradei vai entregar ao Conselho de Segurança será crucial para a aplicação de eventuais medidas, como sanções. Os Estados Unidos declararam mesmo que a opção militar está em aberto. Teerão anunciou que pretende enriquecer urânio à escala industrial e que até Março de 2007 terá 3000 centrifugadoras em funcionamento, infra-estruturas que, de acordo com os peritos, permitirão fabricar material para uma ogiva nuclear no espaço de um ano.