Última hora

Última hora

"Crime de Honra" condenado na Alemanha

Em leitura:

"Crime de Honra" condenado na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Nove anos e três meses de prisão é a pena atribuída pela justiça alemã a um jovem turco pelo assassinato da sua irmã. O homicida confesso obteve quase a pena máxima de dez anos porque era menor quando cometeu o chamado “crime de honra”. Dois outros irmãos da vítima e do condenado foram também julgados mas o tribunal absolveu-os.

Hatun Surucu tinha 23 anos quando foi abatida a tiro, no ano passado, numa paragem de autocarro em Berlim. A jovem, de origem curda, tinha decidido abandonar o marido, um primo com quem tinha sido obrigada a casar, e instalara-se sozinha com a filha de 5 anos. Além disso, começou a viver de forma independente e deixou mesmo de se cobrir com o véu islâmico. Este caso suscitou a indignação na Alemanha e relançou o debate sobre a integração dos imigrantes e dos seus descendentes. A comunidade turca é a maior comunidade estrangeira no país.