Última hora

Última hora

Rice pede posição forte da ONU perante o nuclear Irão

Em leitura:

Rice pede posição forte da ONU perante o nuclear Irão

Tamanho do texto Aa Aa

A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, sugeriu ao Conselho de Segurança da ONU que adopte uma resolução sobre o dossiê nuclear iraniano no quadro do “Capítulo Sete” da Carta das Nações Unidas, que prevê nomeadamente o uso da força.

“Uma coisa que o Conselho de Segurança possui e que a Agência Internacional de Energia Atómica não tem é a capacidade para, através de resoluções do Capítulo Sete, obrigar os Estados-membros das Nações Unidas a obedecer à vontade do sistema internacional”, declarou. Rice acrescentou ainda: “Tenho a certeza que analizaremos medidas possíveis para assegurar que o Irão perceba que não tem outra escolha para além de obedecer.” Em Teerão, o director da AIEA afirmou que ainda não há forma de confirmar se o país conseguiu realmente enriquecer urânio em 3,5%. Acompanhado pelo secretário do Conselho Nacional Supremo do Irão, Ali Larijani, e o responsável pelo Organização Atómica Iraniana, Mohammed El Baradei acrescentou que “não observaram nenhum desvio de material nuclear para fins militares”, mas que o quadro geral “ainda é pouco claro.” El Baradei voltou a sublinhar a necessidade de uma resolução diplomática para o dossiê nuclear iraniano: “Precisamos de encontrar uma solução que, por um lado, confira ao Irão pleno direito no uso de energia nuclear para fins pacíficos mas, ao mesmo tempo, assegure à comunidade internacional a natureza pacífica do programa nuclear iraniano.” Teerão festeja desde terça-feira o começo do enriquecimento de urânio a uma escala industrial, defendendo o direito do seu povo ao nuclear. No dia 28, El Baradei entregará ao Conselho de Segurança o relatório sobre o dossiê iraniano, crucial para a decisão de uma eventual aplicação de sanções ao Irão.