Última hora

Última hora

Danúbio mantém ameaça sobre Europa Central

Em leitura:

Danúbio mantém ameaça sobre Europa Central

Tamanho do texto Aa Aa

Até quando é que a situação se vai manter? É a pergunta que se colocam as autoridades da Sérvia, da Roménia e da Bulgária, afectadas há dias pela subida das águas do Danúbio.

Na Sérvia, o estado de emergência foi declarado em dez regiões e dezenas de aldeias estão debaixo de água. Um habitante de Ritopek, a 15 km de Belgrado, queixa-se da acção das autoridades e garante que “tudo o que o Estado fez foi trazer um camião de areia” e que “apenas conta com a ajuda de amigos e familiares”. O centro da cidade Smederovo está completamente inundado. Mas o caudal do Danúbio é de tal forma importante que o desfiladeiro de Djerdap impede a passagem, a água retrocede e ameaça Belgrado e o seu sistema anti-inundações. Centenas de pessoas foram retiradas das zonas afectadas na Sérvia, onde se regista uma primeira vítima mortal. Na Bulgária e na Roménia, a situação é também preocupante. As autoridades preferiram avançar para as inundações controladas de zonas dedicadas à agricultura e minimizar os danos em locais habitados. Mesmo assim já foram evacuadas centenas de casas e outras estão previstas para as próximas horas, caso a situação se mantenha. Estas são as piores cheias do último século e na memória estão ainda os danos causados no ano passado.