Última hora

Última hora

Ahmedinejad ameaça agressores

Em leitura:

Ahmedinejad ameaça agressores

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão “cortará as mãos de qualquer agressor e fá-lo-á arrepender-se”. A ameaça do presidente Mahmud Ahmedinejad surge no Dia das Forças Armadas. O desfile militar desta terça-feira realizou-se junto ao mausoléu do Ayatollah Khomeni.

Na semana passada, o chefe de Estado anunciou que o Irão tinha entrado no grupo dos países que dominam a energia nuclear. Hoje Ahmedinejad afirmou que as forças armadas iranianas estão entre “as mais poderosas do mundo” e ameaçou retaliar qualquer agressão. Os especialistas em armamento dizem que o exército iraniano está ultrapassado. Contudo, a sua capacidade em perturbar as rotas do petróleo permanece intacta, além de manter ligações a grupos tidos como terroristas pelo Ocidente. Estas ameaças ocorrem no dia em que Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido, França e Alemanha discutem os passos a tomar quanto à crise nuclear iraniana. O encontro decorre em Moscovo, à margem da reunião de preparação da cimeira do G8,agendada para Julho, em São Petersburgo. Os seis países são representados por elementos subalternos das respectivas administrações.