Última hora

Em leitura:

Ahmedinejad promete retaliar em caso de agressão


mundo

Ahmedinejad promete retaliar em caso de agressão

O Irão “cortará as mãos de qualquer agressor e fá-lo-á arrepender-se”. A ameaça do presidente Mahmud Ahmedinejad surge no Dia das Forças Armadas. O desfile militar desta terça-feira realizou-se junto ao mausoléu do Ayatollah Khomeni.

Na semana passada o chefe de Estado anunciou que o Irão tinha entrado no grupo dos países que dominam a energia nuclear. Agora, Ahmedinejad afirmou que as forças armadas iranianas estão entre “as mais poderosas do mundo” e ameaçou retaliar em caso de agressão. Estas ameaças ocorrem no dia em que Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido, França e Alemanha discutem os passos a dar quanto à crise nuclear iraniana. O encontro decorre em Moscovo, à margem da reunião de preparação da cimeira do G8 agendada para Julho em São Petersburgo. Os seis países são representados por elementos subalternos das respectivas administrações. O quarto produtor mundial de petróleo advertiu os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha a não tomarem nenhuma medida contraproducente que acabe por prejudicar os seus autores. Enquanto isso o presidente americano George W. Bush voltou a dizer que “todas as opções estão em cima da mesa”.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Petróleo atinge máximos históricos