Última hora

Última hora

Donald Rumsfeld reitera permanência no cargo de secretário da Defesa

Em leitura:

Donald Rumsfeld reitera permanência no cargo de secretário da Defesa

Tamanho do texto Aa Aa

Donald Rumsfeld não planeia demitir-se. Numa conferência de imprensa, esta terça-feira, o secretário americano da Defesa reiterou a sua determinação em reformar a instituição militar, apesar das críticas.

Recentemente, vários generais na reserva acusaram Rumsfeld de gestão desastrosa do conflito no Iraque e exigiram a sua demissão. Rumsfeld respondeu ao críticos com alguma ironia. “O presidente e eu sabemos que não há pessoas indispensáveis. Os cemitérios estão cheios de indispensáveis. Bush sabe que estou aqui para servi-lo e é tudo”, afirmou o arquitecto da guerra no Iraque. George W. Bush remodelou a sua equipa governamental mas manteve Rumsfeld à frente da Defesa norte-americana, numa decisão que classificou de definitiva. “Eu digo que oiço várias vozes, mas eu é que tomo a decisão final e Donald Rumsfeld está a fazer um bom trabalho. Está não só a transformar os militares, como está também a lutar numa guerra contra o terror. Confio fortemente em Donald Rumsfeld. Oiço as vozes, leio os títulos dos jornais e oiço as especulações mas sou eu quem decide e decido o que é melhor. E o que é melhor é Donald Rumsfeld continuar secretário da Defesa”, afirmou George W. Bush. Rumsfeld não conta apenas com o apoio presidencial. Quatro antigos militares de alta patente assinaram, esta segunda-feira, um artigo em que consideram que apelar à demissão de Rumsfeld pode prejudicar a missão dos Estados Unidos no Iraque.