Última hora

Última hora

Rei dá ordem para disparar

Em leitura:

Rei dá ordem para disparar

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades do Nepal declararam o recolher obrigatório na capital e deram ordem para disparar. A medida entra em vigor esta quinta-feira, entre as 14 e as 20 horas locais, dia para o qual a oposição convocou uma manifestação que se espera bastante participada.

A medida é anunciada no dia em que testemunhos dão conta de quatro mortos numa localidade do leste do reino, resultado dos confrontos entre manifestantes e polícia. Desde o início da greve geral e dos protestos, há duas semanas, terão morrido uma dezena de pessoas e o número de feridos ascende às centenas. O rei Gyanendra que instaurou o poder absoluto em Fevereiro do ano passado mantém-se surdo às reivindicações dos manifestantes pró-democracia. Face ao desenrolar da situação no país, a Índia enviou a Catmandu um diplomata de topo que se reuniu com o monarca e com os partidos da oposição. As suas declarações à imprensa nada revelaram sobre o conteúdo das conversas. A situação é cada vez mais instável. As palavras pró-democracia estão a transformar-se em protestos antimonárquicos. E na capital começam a faltar bens de primeira necessidade devido ao bloqueio imposto pelos manifestantes às portas da cidade. Apenas as pessoas podem circular.