Última hora

Última hora

Rei Gyanendra tenta sufocar protestos no Nepal

Em leitura:

Rei Gyanendra tenta sufocar protestos no Nepal

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades nepalesas impuseram o recolher obrigatório em Katmandu e deram ordens para disparar contra quem desrespeitar a decisão. Esta medida visa impedir a manifestação contra o rei na capital, convocada pela oposição para esta quinta-feira.Os sete principais partidos políticos, na origem do vasto movimento de protesto contra o rei Gyanendra, que assumiu plenos poderes em Fevereiro de 2005, exortaram a uma participação maciça apesar da proibição.

Pelo menos quatro manifestantes foram mortos por disparos das forças da ordem em Chandragadi no leste do país. No total, pelo menos dez opositores foram já abatidos pelos militares desde o início do movimento de protesto, há 15 dias. O descontetamento popular contra a repressão do monarca cresce. Um nepalês garante que “enquanto o rei não restaurar a democracia a luta vai continuar mesmo com o sacrifício das suas vidas”. Dezenas de pessoas foram feridas e, segundo as Nações Unidas, “perto de 4.000 foram presas”. A pressão internacional sobre Gyanendra acentua-se. A India enviou dois emissários a Katmandu com uma mensagem para o monarca.