Última hora

Última hora

Bin Laden atribui isolamento do governo do Hamas como parte de Cruzada

Em leitura:

Bin Laden atribui isolamento do governo do Hamas como parte de Cruzada

Tamanho do texto Aa Aa

Ossama Bin Laden voltou a dirigir-se ao mundo. Numa mensagem áudio, cuja veracidade não foi confirmada de imediato, o líder da al-Qaida falou de temas actuais para voltar reforçar a divisão entre os muçulmanos e o Ocidente.

Bin Laden referiu que o isolamento do governo palestiniano do Hamas pelos Estados Unidos e pela União Europeia constitui uma prova de que está em curso uma guerra de cruzada e de sionistas contra o mundo islâmico. Anunciou que a crise do Darfur também faz parte da referida campanha, tal como a guerra no Iraque, e apelou aos Mujahidin para se dirigirem ao Darfur para impedirem a divisão do país, impulsionada pelo Ocidente. Noutros excertos da mensagem, divulgada pela al-Jazira, o líder da al-Qaida condenou o rei Abdullah da Árabia Saudita por ter considerado que existe um choque de civilizações e não um assalto do Ocidente ao mundo islâmico. Bin Laden apelou ainda ao boicote aos produtos dos países que apoiaram a Dinamarca na crise das caricaturas, reiterou ameaças aos Estados Unidos com novos ataques e por fim voltou a oferecer ao povo americano uma trégua condicionada.