Última hora

Última hora

Assinatura de Saddam reconhecida nos documentos do massacre de Daujail

Em leitura:

Assinatura de Saddam reconhecida nos documentos do massacre de Daujail

Tamanho do texto Aa Aa

A autenticidade da assinatura de Saddam Hussein e a de mais seis responsáveis do antigo regime iraquiano foi reconhecida nos documentos relativos ao massacre de xiitas em Daujail, no norte do Iraque. Apenas a autenticidade da assinatura de um antigo responsável local do partido Baas, Mezhar Abdallah Rueid, não foi confirmada, segundo um relatório de cinco calígrafos apresentado ao Alto Tribunal Penal iraquiano. O julgamento das principais figuras do regime de Bagdad foi retomado esta segunda-feira e debruça-se sobre os acontecimentos de 1982 ano em que o ex-presidente iraquiano foi alvo de uma tentativa de assassinato.

Como repressão a este acto Saddam Hussein mandou matar 148 xiitas. A sessão de hoje presidida pelo juiz curdo, Rauf Abdelrahman, é a vigésima-terceira desde o início do processo, em Outrubro do ano passado.