Última hora

Última hora

Aproxima-se a hora da verdade para Moussaoui

Em leitura:

Aproxima-se a hora da verdade para Moussaoui

Tamanho do texto Aa Aa

Recta final no processo de Zacarias Moussaoui, o único julgado pelos atentados do 11 de Setembro. Nove homens e três mulheres que compõe o júri do tribunal de Alexandria deverão decidir um de dois possíveis destinos para o terrorista islâmico: prisão perpétua ou pena de morte.A maior parte dos jurados tinha deliberado pena capital uma escolha que exige unanimidade. A morte será também a vontade de Moussaoui cujo comportamento durante o processo chocou os familiares das vítimas. “Para ele, ou para qualquer homem ou mulher, sentar-se ali e rir da morte das crianças, desvalorizar o sofrimento dos outros, que razões terá este homem para viver? Ele pensa que a morte fará dele um mártir? Não, não será um mártir. Ele será apenas um homem muçulmano morto”, declara uma mulher.

Na apresentação dos últimos argumentos, a defesa pediu prisão perpétua, evocando a alegada esquizofrenia do acusado e para evitar precisamente que seja transformado num mártir. Moussaoui declarou-se culpado de cumplicidade dos ataques que causaram a morte a mais de três mil pessoas e afirmou que a sua missão era pilotar um avião e lançar-se sobre a Casa Branca. O processo é retomado esta terça-feira.