Última hora

Última hora

Atentados sucedem-se no Iraque

Em leitura:

Atentados sucedem-se no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro aniversário da formação do parlamento iraquiano está a ser celebrado com sangue. Embora não seja oficialmente reconhecido, o clima de guerra civil está instalado no país, afastando as esperanças de que o parlamento trouxesse ordem ao Iraque.

Baaqouba, a 55 quilómetros de Bagdade, tem sido palco dos mais sangrentos confrontos dos últimos dias. Segundo as autoridades do país, o número de mortos terá chegado aos 58, incluindo sete soldados iraquianos, quando cerca de 100 rebeldes atacaram postos militares e de polícia. Na capital, os atentados sucedem-se. Um soldado americano foi morto por uma explosão, numa estrada a norte de Bagdad. Em Samarra, a cem quilómetros da capital, as tropas iraquianas e dos Estados unidos mataram três alegados membros da rede terrorista Al-Qaeda. Desde a invasão do país em 2003, morreram já em confrontos cerca de 50.000 pessoas, sobretudo civis iraquianos.