Última hora

Última hora

Bulgária cede bases militares aos Estados Unidos

Em leitura:

Bulgária cede bases militares aos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Um acordo polémico mas destinado a render milhões de dólares. Condoleeza Rice e o seu homólogo búlgaro assinaram hoje em Sofia o pacto que permite aos Estados Unidos a utilização de três bases militares búlgaras durante os próximos 10 anos.

Apesar da oposição de 60 por cento da população, o acordo é apresentado pelo governo como uma fonte de riqueza para o país e de criação de novos postos e trabalho. Os Estados Unidos contam agora instalar na Bulgária cerca de 2500 soldados. “Este é o acordo que vai de facto reforçar a nossa cooperação, permitindo o uso das infraestruturas búlgaras e fortalecendo a capacidade de operar em conjunto”, afirmou a secretária de Defesa norte-americana. Na base de Novo Selo, perto da fronteira da Turquia, e uma das três cedidas aos Estados Unidos, as bandeiras norte-americana e búlgara estão já içadas lado a lado. Nos termos do acordo, os Estados Unidos poderão lançar ataques a países terceiros a partir destas bases. O acordo é violentamente contestado por uma maioria da piopulação e acima de tudo pelo partido nacionalista Attack que na quainta-feira juntou cerca de cinco mil manisfetantes em Sofia. O documento terá ainda de ser ratificado pelo parlamento búlgaro.