Última hora

Última hora

O primeiro grande desafio de Romano Prodi

Em leitura:

O primeiro grande desafio de Romano Prodi

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento italiano reabre esta sexta-feira, após as eleições legislativas, e Romano Prodi enfrenta o seu primeiro teste. Com uma pequena maioria e depois de Massimo d’Alema, dos Democratas de Esquerda, ter desistido da candidatura, Prodi não deverá ter muitos problemas para ver Fausto Bertinotti, da Refundação Comunista, eleito presidente da câmara baixa.

O grande desafio de Romano Prodi centra-se na eleição do presidente do Senado.Após as eleições, a coligação de Prodi apenas alcançou uma vantagem de dois senadores em relação a aliança de centro-direita, liderada pelo primeiro-ministro cessante, Silvio Berlusconi. Mas na câmara alta existem mais sete senadores vitalícios e um independente, com liberdade de voto. O candidato de Prodi é o antigo sindicalista Franco Marini, do partido La Margherita. Berlusconi apontou o nome de Giulio Andreotti, senador vitalício que já serviu como primeiro-ministro em sete ocasiões, conhecido por ter alguma influência na esquerda.