Última hora

Última hora

Candidatos de Prodi ganham Senado e Câmara dos Representantes

Em leitura:

Candidatos de Prodi ganham Senado e Câmara dos Representantes

Tamanho do texto Aa Aa

Franco Marini, o candidato da esquerda, foi este sábado eleito para a presidência do Senado italiano, após uma renhida e tensa disputa entre asfacções de Silvio Berlusconi e de Romano Prodi.

À terceira votação, Marini ganhou por escassa margem, numa eleição marcada por erros e acusações mútuas de obstrução. Na primeira volta, sexta-feira, Marini não conseguiu os dois terços de votos necessários. Na segunda, uma troca de nomes levou à anulação do escrutínio. Finalmente, à terceira, os senadores vitalícios deram a mão a Prodi e votaram no seu candidato. Com a derrota de Giulio Andreotti, apoiado por Sílvio Berlusconi, estão assim afastados, para já, os receios de um clima de ingovernabilidade o que constituía a última esperança de Berlusconi. O dia foi mesmo de vitória para Romano Prodi. Também a Câmara de Representantes escolheu para a sua presidência o candidato da esquerda -o comunista Fausto Bertinotti, eleito apenas à quarta-volta. Bertinotti, de 66 anos, é dirigente da Refundação Comunista que faz parte da aliança de esquerda de Romano Prodi, vencedor à justa das legislativas de 9 e 10 de Abril. Estas duas eleições reforçam a tão necessária estabilidade política para que Prodi consiga viabilizar o seu governo. Contudo, todas as dificuldades para eleger os presidentes das duas câmaras, etapa obrigatória antes da formação do governo e da escolha de um novo presidente da República, demonstram a fragilidade da nova maioria política. E provam que Romano Prodi não tem a tarefa nada facilitada.