Última hora

Última hora

Charles Clarke volta a ser pressionado para se demitir

Em leitura:

Charles Clarke volta a ser pressionado para se demitir

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro britânico do Interior, Charles Clarke, voltou esta sexta-feira a ser pressionado para se demitir depois de ter revelado que 5 presos estrangeiros recentemente libertados de prisões britânicas voltaram a cometer crimes.

Clarke tem sido largamente criticado após ter revelado esta semana que mais de mil reclusos de nacionalidade estrangeira, incluindo violadores e assassinos, voltaram às ruas da Grã-Bretanha em vez de terem sido deportados. Esta tem sido uma semana negra para Tony Blair que em vésperas de eleições locais inglesas vê a sua popularidade declinar. O governo trabalhista tem sido alvo de contestação depois de vários ministros terem protagonizado uma série de episódios: Só nos últimos 3 dias o vice-primeiro John Prescott admitiu que tinha um caso com uma secretária e a ministra da Saúde Patricia Hewitt foi muito criticada por enfermeiras que contestam reformas hospitalares de grande envergadura. Uma sucessão de más notícias para Blair. Segundo os analistas, caso obtenha um mau resultado deverá aumentar a pressão da facção de centro esquerda do partido que quer vê-lo substituído pelo ministro das Finanças, Gordon Brown.