Última hora

Última hora

Oposição quirguiz pressiona presidente

Em leitura:

Oposição quirguiz pressiona presidente

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas saíram este sábado às ruas de Bishkek para protestar contra o desempenho do Governo do Quirguistão.

Os manifestantes exigiram que o presidente Kurmanbek Bakiev, no poder desde 2005, tome medidas eficazes contra o crime e a corrupção a curto prazo, ou então que se demita. Situado na Ásia central a Oeste da China, o Quirgistão acolhe bases militares americanas e russas, e tem vivido momentos de instabilidade desde que uma revolução depôs o antigo líder Askar Akayev em Março do ano passado. Omurbeq tekebayev, membro da oposição afirma que “apesar da saída de Akayev, o antigo regime continua intacto” e sublinha a necessidade de substituir o sistema autoritário por um regime democrático. A oposição lançou um ultimato ao Governo. Os contestatários exigem que o executivo tome medidas concretas até 27 de Maio, data após a qual será convocada nova manifestação a pedir a demissão do Governo. O presidente Bakiev respondeu que “em apenas um ano de governação é impossível mudar radicalmente as antigas políticas desenvolvidas ao longo de 15 anos”. A manifestação da capital quirguiz mobilizou cerca de três mil polícias mas decorreu sem incidentes. Depois de lançadas as exigências os contestários dispersaram de forma ordeira.