Última hora

Em leitura:

Caminho aberto para formalização do novo Governo italiano


mundo

Caminho aberto para formalização do novo Governo italiano

Silvio Berlusconi entregou ontem a demissão, activando o processo para a nomeação do novo Governo, liderado por Romano Prodi. Da noite passada, a surpresa da convocação antecipada do Parlamento para escolher, a 8 de Maio, o novo presidente. Será eleito com os votos de 615 deputados, 322 senadores e 58 delegados regionais e, só depois dessa nomeação, com uma maioria de dois terços, de acordo com a Constituição italiana, poderá ser formalmente nomeado o novo Governo.Romano Prodi foi o candidato eleito com a mais pequena margem de votos, na história eleitoral italiana. A esquerda obteve uma curta maioria no Senado, com 158 lugares no Senado sobre 315, contra os 156 da direita e mais um senador independente. Tanto ele como Berlusconi, apoiam uma reeleição de Ciampi.

Com uma dívida pública que representa 106,4% do Produto Interno Bruto e um défice público de 4,1% em 2005, a situação económica italiana já foi julgada grave pelo Fundo Monetário Internacional. Prodi tem de nomear para o Ministério das Finanças uma personalidade capaz de recuperar tanto a confiança dos investidores como da União Europeia.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Engenheiros alemães regressam a casa após cem dias de cativeiro no Iraque