Última hora

Última hora

BCE deixa juros nos 2,5%

Em leitura:

BCE deixa juros nos 2,5%

Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central Europeu deixou a taxa de juro de referência da Zona Euro inalterada nos 2,5%, na reunião desta quinta-feira, uma medida que era já esperada. O presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, tinha já dito que não deveria subir preço do dinheiro este mês, o que surpreendeu, na altura, os analistas.

“Olhando em frente, as condições para um crescimento contínuo, nos próximos trimestres, continuam no sítio. A actividade da economia mundial deve continuar forte, dando assim um impulso às exportações da Eurozona. O crescimento do investimento deve beneficiar de um período alargado de condições financeiras muito favoráveis, com uma maior transparência nas contas, maiores lucros e eficiência de negócios”, disse o homem-forte do BCE.

Entre as zonas económicas representadas no G7, a Eurozona tem juros inferiores às outras potências, como os Estados Unidos, o Canadá ou o Reino Unido, todos com taxas superiores a 4%. Só mesmo o Japão tem juros mais baixos, uma vez que a taxa anda próxima de zero.

Os analistas apostam agora numa subida no preço do dinheiro da Eurozona no próximo mês.

Também esta quinta-feira, o Banco de Inglaterra tomou uma decisão semelhante à do BCE e deixou a taxa directora inalterada, nos 4,5%.

Há nove meses consecutivos que a taxa de juro de referência da Grã-Bretanha não sofre qualquer alteração.