Última hora

Última hora

CIA: Bush nomeia Michael Hayden

Em leitura:

CIA: Bush nomeia Michael Hayden

Tamanho do texto Aa Aa

É uma nomeação polémica para dirigir a agência de espionagem norte-americana. Michael Hayden, o general que esteve por detrás do escândalo das escutas telefónicas sem autorização judicial vai dirigir a CIA.

Depois de ter sido responsável pela Agência de Segurança Nacional e adjunto de John Negroponte, o chefe da Direcção Nacional de Informação, Hayden é para George W. Bush “o homem certo no lugar certo”, alguém que “demonstrou capacidade para adaptar os serviços de informação aos novos desafios da guerra ao terrorismo. O homem certo para dirigir a CIA no momento crítico” que atravessa a história norte-americana. O Senado terá ainda de confirmar a nomeação de Michael Hayden à frente da CIA. Militar de carreira, o número dois de Negroponte, irá trabalhar na reorganização da Agência que a Casa Branca quer mais voltada para o combate ao terrorismo e menos com o papel de agência primordial na análise da informação, algo que era desejado por Porter Goss, que se demitiu sexta-feira sem explicar as razões da saída. A escolha de Bush foi criticada mesmo no seio do partido republicano que está preocupado com o facto de quase todos os serviços de espionagem estarem agora nas mãos de militares.