Última hora

Última hora

Itália busca chefe de Estado

Em leitura:

Itália busca chefe de Estado

Tamanho do texto Aa Aa

A escolha do próximo presidente italiano começou a processar-se em Roma. 1010 grandes eleitores têm a responsabilidade de escolher o chefe de Estado para um mandato que se adivinha difícil. Para já, os dois blocos que compõem o espectro político foram incapazes de alcançar um consenso quanto ao nome a propor.

De referir que Romano Prodi só vai ser indigitado a formar governo depois da tomada de posse do novo presidente. A coligação de centro-esquerda propôs o nome de Giorgio Napolitano, de 80 anos, antigo comunista e senador vitalício. Massimo D’Alema, dirigente dos Democratas de Esquerda, os herdeiros do PCI, explica esta escolha: “O centro-direita pediu-nos uma personalidade com uma elevada estatura institucional. Propusemos Giorgio Napolitano que é alguém com um grande perfil institucional. Ele é senador vitalício e já foi presidente da Câmara dos Deputados. Esperamos que o centro-direita vote nele, com maturidade e coerência.” De salientar que o próprio nome de Massimo D’Alema era avançado até ontem à noite como o candidato do centro-esquerda. Mas esta eleição é fruto de permanentes negociações. Os aliados do primeiro-ministro cessante, Silvio Berlusconi, afirmaram que não iriam votar em Napolitano.