Última hora

Última hora

Pânico entre pequenos investidores

Em leitura:

Pânico entre pequenos investidores

Tamanho do texto Aa Aa

Um eventual escândalo de fraude generalizada está a afectar milhares de famílias espanholas. A justiça ordenou buscas na sedes de duas grandes empresas que investem em bens tangíveis, como material filatélico ou obras de arte.

Cerca de 200.000 pessoas terão investido dinheiro nas empresas Afinsa e Forum Filatélico que prometiam rendimentos da ordem dos seis por cento anuais. Até ao momento foram detidos seis indivíduos e as buscas estendem-se a domicílios particulares em Madrid, Barcelona, Vigo e Valladolid. A alegada fraude, de carácter piramidal, supõe a utilização dos ingressos mais recentes para pagar os juros aos investidores mais antigos, sem chegar a realizar as operações anunciadas. Contrariamente aos bancos ou as seguradoras, estas empresas não são instituições financeiras pelo que os seus clientes não têm direito a recorrer aos fundos de garantia. O pânico que invadiu os pequenos investidores quase resultou em desgraça quando uma mulher se tentou lançar contra uma viatura em frente à sede do Fórum Filatélico, no centro de Madrid.