Última hora

Em leitura:

Presidente italiano continua por eleger


mundo

Presidente italiano continua por eleger

A segunda votação para a presidência italiana terminou sem vencedor. Dos 973 eleitores que participaram no sufrágio, 724 votaram em branco.

De referir que a eleição obriga a uma maioria de dois terços nos três primeiros escrutínios. Só a partir do quarto sufrágio é que o presidente pode ser eleito por uma maioria absoluta simples. O candidato da maioria é o senador vitalício Giorgio Napolitano, de 80 anos. O voto em branco explica-se pela tentativa do centro-esquerda em obter um consenso em torno da sua candidatura. Os partidos da oposição encontram-se divididos. Os democratas-cristãos da UDC e e uma parte da Aliança Nacional, da direita conservadora, está inclinada para votar em Napolitano, um homem respeitado que é considerado como tendo o perfil exigido para ocupar a chefia de Estado. Já a linha dura da Força Itália, o partido do ainda primeiro-ministro Silvio Berlusconi, assim como os elementos da Liga do Norte, opõem-se à presença de um antigo comunista na presidência da República, o que a concretizar-se será uma situação inédita.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Falta consenso sobre dossiê nuclear iraniano