Última hora

Última hora

Manifestação de apoio a magistrados termina em repressão

Em leitura:

Manifestação de apoio a magistrados termina em repressão

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas sairam hoje às ruas do Cairo numa manifestação de apoio a dois juízes. Os magistrados deviam enfrentar uma comissão disciplinar por criticarem os abusos cometidos durante as eleições do ano passado.

A polícia reprimiu violentamente as marchas e fez dezenas de detenções, algumas das quais de jornalistas. A actual situação revela o braço de ferro entre a magistratura e o regime político. Em causa está a independência da justiça. Os dois juízes são acusados de terem violado as regras judiciárias ao falarem na televisão sobre as irregularidades do escrutínio. Mahmoud Mekky e Hesham Bastawisi têm também liderado o movimento corporativo que reclama a independência financeira e administrativa da justiça. O sindicato dos magistrados acusa o ministério da justiça de controlar os salários, os prémios e os procedimentos disciplinares e assim influenciar os juízes. Os dois acusados recusaram comparecer na audiência.