Última hora

Última hora

ETA: territorialidade e a autodeterminação são solução para o conflito solução basco

Em leitura:

ETA: territorialidade e a autodeterminação são solução para o conflito solução basco

Tamanho do texto Aa Aa

Numa entrevista ao jornal independentista basco “Gara”, publicada hoje, a ETA afirma através de dois dirigentes, que o conflito basco não tem solução sem que haja um acordo sobre a territorialidade e a autodeterminação.

A entrevista é a primeira dada pela organização desde que declarou unilateralmente o cessar-fogo em 22 de Março passado, depois de ter descortinado a perspectiva de um possível caminho que poderia conduzir ao reconhecimento político de Euskal Herria como uma nação e povo, à semelhança do que aconteceu com a Catalunha.

Na mesma entrevista os dois dirigentes referindo-se ao incidente mais recente – o ataque a uma loja de um líder político basco, ocorrido já depois do cessar-fogo e atribuído por vários quadrantes à ETA – rejeitaram que o mesmo tenha sido uma operação da organização separatista basca. Segundo o mesmo jornal existem actualmente cerca de 670 prisioneiros políticos bascos detidos.