Última hora

Última hora

De Villepin sobrevive a moção de censura socialista

Em leitura:

De Villepin sobrevive a moção de censura socialista

Tamanho do texto Aa Aa

A Assembleia Nacional francesa rejeitou esta terça-feira a terceira moção de censura que Dominique De Villepin enfrentou desde que assumiu a chefia do Governo.

O parlamento debateu uma moção apresentada pelos socialistas que necessitava de uma maioria de 289 votos a favor, mas que conseguiu apenas 190 O primeiro-ministro rebateu no plenário aquilo que classificou de manobras da oposição e reafirmou o seu compromisso com a França. “A um ano das presidenciais, alguns especulam, outros brincam… mas a França, essa, espera que a defendam e que a sirvam. Esse é o meu único combate” A sólida maioria parlamentar conservadora tinha à partida todas as condições para sobreviver à moção socialista. No entanto, pairava a dúvida sobre a possibilidade de alguns deputados conservadores se absterem em protesto contra o escândalo que abalou a autoridade de De Villepin. O caso Clearstream, em que o chefe de Governo é acusado de usar espiões para comprometer o ministro do Interior Nicolas Sarkozy, ficando assim com o caminho livre para se tornar no principal candidato presidencial conservador.