Última hora

Última hora

Prodi quer regresso de tropas

Em leitura:

Prodi quer regresso de tropas

Tamanho do texto Aa Aa

A retirada das tropas italianas do Iraque foi o ponto em destaque do discurso de Romano Prodi no Senado. O primeiro-ministro espera que a câmara alta aprove o seu executivo e o respectivo programa quando for votada uma moção de confiança na sexta-feira.

A política externa ocupou uma boa parte do discurso do “Professore” que criticou a invasão do Iraque: “Consideramos a guerra no Iraque e a ocupação do país um grave erro que não resolve o problema da segurança, antes o agravou. O governo vai por isso propor ao parlamento a retirada dos nossos soldados apesar de estarmos orgulhosos da sua coragem, profissionalismo e lealdade.” Palavras aplaudidas pela bancada do governo e vaiadas pela oposição. Prodi sublinhou que a retirada iria obedecer aos tempos técnicos necessários e ser combinada com os aliados. O anterior governo tinha-se comprometido com um plano de retirada para 2006. Trezentos militares já regressaram, 2.600 permanecem no Iraque.