Última hora

Última hora

EUA desrespeitam Convenção contra a Tortura

Em leitura:

EUA desrespeitam Convenção contra a Tortura

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos foram visados pela comissão anti-tortura da ONU. Os dez peritos apelaram ao presidente George W. Bush para pôr fim aos métodos de interrogatório que podem ser vistos como cruéis ou formas de tortura.

Como explica o presidente do comité, Fernando Marino Martinez, no relatório são apresentados “exemplos concretos de práticas proibidas pela Convenção contra a Tortura”, à qual os Estados Unidos aderiram. A comissão considera também que Washington deveria “encerrar definitivamente a prisão da base de Guantánamo e todas as prisões secretas existentes ao abrigo da luta contra o terrorismo.” Os dez peritos possuem apenas uma autoridade moral não tendo o poder legal de obrigar ao respeito das suas recomendações. Washington reconhece a existência de alguns abusos no passado, no que respeita ao tratamento de prisioneiros, mas assegura terem sido feitos esforços para que casos semelhantes não se repitam.