Última hora

Última hora

Bush diz que Guantánamo guarda homens perigosos para os EUA

Em leitura:

Bush diz que Guantánamo guarda homens perigosos para os EUA

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão anti-tortura da ONU acusa os Estados Unidos de Tortura sobre prisioneiros e exorta George Bush a encerrar a prisão de Guantánamo. Um relatório fala de “exemplos concretos de práticas proibidas pela Convenção contra a Tortura”. A Comissão considera que Washington deveria “encerrar definitivamente a prisão da base de Guantánamo e todas as prisões secretas existentes.

O responsável da ONU contra a tortura, Andreas Mavromatis, afirma que em Guantánamo “os prisioneiros são mantidos longe de casa durante anos sem acusação formada ou julgamento”. O porta-voz do departamento de Estado norte-americano contesta que os “argumentos apresentados não são justos” e que os Estados Unidos “não devem ser vistos como a prisão do mundo. Guantánamo irá encerrar no futuro mas para já alberga várias pessoas tidas como perigosas“Em Guantánamo precisamente foi registada esta semana uma estranha vaga de tentativas de suicídio que terão sido o rastilho da revolta de um grupo de prisioneiros. A direcção do campo não precisou a nacionalidade dos detidos nem o motivo das tentativas de suicídio que ocorreram no mesmo dia em que as autoridades norte-americanas anunciaram a libertação de 15 detidos sauditas.