Última hora

Última hora

Cipriotas gregos confirmam coligação de Papadopoulos, segundo sondagens

Em leitura:

Cipriotas gregos confirmam coligação de Papadopoulos, segundo sondagens

Tamanho do texto Aa Aa

As sondagens à boca das urnas no Sul do Chipre apontam para a vitória da coligação governamental do presidente Tassos Papadopoulos.

A nível individual, entre as formações políticas, poderá sair reforçado o partido Democrático (Diko) do presidente cipriota grego, embora continue a ser a terceira força política. O grupo de Papadopoulos terá ganho deputados em relação a 2001, roubando eleitorado aos principais partidos, a começar pelos seus parceiros governamentais, os comunistas do Akel, chefiados por de Demetris Christofias. A coligação deverá manter-se, mesmo se o Akel, principal partido da aliança, se vê, segundo as sondagens à boca das urnas, empatado com a formação Disy, de Nikos Anastasseadis, na oposição. Estas foram as primeiras legislativas desde que os cipriotas gregos rejeitaram o plano da ONU para a reunificação de Chipre, em 2004. A ilha está dividida há 32 anos e este escrutínio é também o primeiro em que os cipriotas turcos a viver no Sul puderam participar como eleitores. A verificarem-se as sondagens, os cipriotas gregos confirmaram a rejeição do plano de reunificação, personificada pelo presidente Papadopoulos, quando se intensificam as pressões para a retoma das negociações e a questão cipriota é um dos principais obstáculos à adesão da Turquia à União Europeia.